A pandemia do COVID 19 ampliou os ataques cibernéticos às instituições de saúde.